Notícia

JUCEAL

Junta Comercial do Estado de Alagoas
Quinta, 10 Janeiro 2019 16:01

Junta Comercial celebra ações realizadas em prol do registro empresarial no último quadriênio

Reunião plenária desta quinta-feira (10) marcou o encerramento das atividades do atual colégio de vogais

Texto de Hotton Machado

A Junta Comercial do Estado de Alagoas (Juceal) contou, nesta quinta-feira (10), com a última reunião plenária do quadriênio 2015-2018, onde o colégio de vogais - formado por representantes de entidades e conselhos que funciona como departamento deliberativo superior do órgão - foi reunido para discorrer sobre as ações estabelecidas em prol do desenvolvimento do registro empresarial nos últimos quatro anos.

 

No período, Alagoas foi considerado pela Receita Federal o estado referência pela implantação e pela evolução da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim) em seu território, trabalho esse possível pela gestão da Juceal.

 

Além disso, o órgão alagoano disponibilizou, durante os quatro anos, serviços que otimizaram os procedimentos para o registro de negócios, como o estabelecimento da entrada online para empresário individual, sociedade limitada e empresa individual de responsabilidade limitada (Eireli), e a inauguração de unidades de atendimento em todas as regiões do estado; situações que foram citadas durante a reunião.

 

Para o presidente da Juceal, Carlos Araújo, a composição dos profissionais que formou o colégio de vogais foi essencial para a mudança de patamar que a Junta Comercial alcançou nos últimos anos.

 

 

“Eu gostaria de destacar a eficiência e a qualidade colocada por esse grupo, sempre marcada pela segurança jurídica e também pelo debate. Em especial, ao nosso vice-presidente João Gustavo pelo apoio como corregedor. A evolução tecnológica da Junta Comercial vocês acompanharam, mas eu queria tocar em pontos que mostram essa mudança de comportamento, sempre focando no cliente. Colocamos mais de 30 pontos de atendimento espalhados pelo estado, inclusive um agora no Shopping Pátio para atender os empresários da parte alta de Maceió. Abraçamos a Redesim, que vem se desenvolvendo junto às prefeituras e aos órgãos integrados, o que tornou a Junta respeitada”, ressaltou.

 

“E, pelo que nos falam, Alagoas, através da Juceal, foi responsável por mudar o registro mercantil no país, não só por compartilhar o sistema com outros 11 estados, mas por acordar as outras unidades federativas para que elas melhorassem cada ambiente de registro e licenciamento. Isso só acontece quando fazemos um trabalho técnico e focamos na eficiência e, principalmente, no cliente”, completou.

 

Presente na reunião, o vice-presidente da Juceal, João Gustavo Mendes Alves Pinto, agradeceu pelo trabalho e pelas amizades formadas durante os oito anos em que fez parte da entidade. Em seu segundo mandato como vogal, o advogado se despede das funções exercidas no órgão.

 

Ainda no encontro, foi aberta a palavra para cada membro do vocalato proferir as análises sobre o quadriênio, contando também com entrega de certificados celebrando as contribuições pela evolução do registro empresarial, assim como pelo desenvolvimento do ambiente de negócios em Alagoas.

 

Sala Alberto Nonô

Após a reunião, aconteceu o descerramento da placa que marcou a nomeação da Sala do Colégio dos Vogais em homenagem ao antigo vogal Alberto Nonô de Carvalho Lima, falecido no ano passado e que representava a Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Alagoas (OAB/AL).

 

Em nome da família, o sobrinho-neto e atual vogal pela OAB/AL, Fábio de Lima, agradeceu a homenagem e ressaltou o convívio harmonioso e as grandes amizades estabelecidas pelo antigo vogal no órgão alagoano de registro, tido sempre como uma figura bem quista por todos.

 

 

Estiveram presentes na reunião os vogais Adelson Marcelino Correia da Silva, representante da Associação Comercial de Maceió; Fabiano Silva Duarte, representante do Conselho Regional de Administração de Alagoas (CRA); Carlos Henrique do Nascimento, representante do Conselho Regional de Contabilidade de Alagoas (CRC); José Antonio Vieira, representante da Federação do Comércio do Estado de Alagoas (Fecomércio); João Carlos da Rocha Ramiro, representante do Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado de Alagoas (OCB Sescoop); Marcus Sales Loureiro Filho, representante do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; e Luiz Fernando Santana Dória Júnior, representando a Federação da Agricultura do Estado de Alagoas (Faeal); além de diretores da Juceal.