Notícia

JUCEAL

Junta Comercial do Estado de Alagoas
Segunda, 25 Março 2013 15:42

Servidores da Juceal participam de 2º Encontro de Integração

Texto de Ludmila Monteiro

O último sábado (25) foi de bastante descontração e aprendizado para os servidores da Junta Comercial do Estado de Alagoas (Juceal). Aconteceu, no Hotel Jatiúca, o 2º Encontro de Integração, um momento que objetiva, através de dinâmicas e palestras, motivar, integrar e desenvolver entre os servidores o espírito de equipe para, assim, melhorar o trabalho desenvolvido na Junta.

 

Comandado pelo palestrante Alexandre Lima, o evento mesclou palestras motivacionais, dinâmicas, brincadeiras e exibição de vídeos. Este ano, a palestra teve foco na importância da comunicação interna para o ambiente de trabalho. Foi salientado que, em uma equipe que não se comunica adequadamente, a potencialização de sua força humana é impossibilitada.

 

A comunicação interna é o esforço de comunicação estabelecido por empresas, órgãos, entidades ou outras estruturas organizacionais, para que sejam estabelecidos canais que possibilitem o relacionamento da direção com os diferentes públicos internos, de maneira ágil e transparente.

 

Além da comunicação, todos os momentos levaram os presentes a refletirem sobre a importância do espírito de equipe para a criação e manutenção de um ambiente de trabalho saudável e produtivo, bem como os motivaram a buscar, dentro de si, a excelência no trabalho.

 

“O Encontro de Integração é uma excelente oportunidade para estimular os colaboradores a darem o melhor de si”, explica Kleber Pereira, assessor especial da Juceal e organizador do evento. “Através desta didática leve e descontraída, os servidores estão aprendendo, refletindo e, ao mesmo tempo, desfrutando de um momento de lazer e diversão”.

 

Para José Lages Júnior, presidente da Junta, o Encontro de Integração é um momento de, acima de tudo, estímulo. “É importante que os servidores gostem do que façam e encontrem sempre novas razões para melhorar as atividades que desempenham”, afirma o presidente. “Dessa forma, o trabalho ganha autenticidade, a marca pessoal de quem o realiza, e não se resume a algo feito por obrigação. Além disso, é vital que aprendamos a nos comunicar. É uma etapa muito importante para o crescimento inter e intrapessoal”.